Joomla!

Sunday, Sep 24th

última atualização05:12:37 PM GMT

Você está aqui: Acontece na Região Você está aqui: Prefeitura estende prazo de entrega do CEU Vila Prudente para o segundo semestre de 2017

Prefeitura estende prazo de entrega do CEU Vila Prudente para o segundo semestre de 2017

ceu-vila-prudenteAlunos da rede municipal da região que anseiam estudar e usufruir das atividades do Centro de Educação Unificado (CEU) Vila Prudente, que está sendo construído desde dezembro de 2015 nas dependências do Clube Escola Vila Alpina, terão que aguardar mais um ano para frequentar a unidade. Previstas inicialmente para serem concluídas neste mês, as obras do CEU estão bastante atrasadas e, segundo a Prefeitura, a nova previsão de entrega é apenas no segundo semestre de 2017.

Nesta semana a Folha questionou a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras sobre o atual estágio da obra e, de acordo com o órgão, os trabalhos caminham em ritmo normal com cerca de 50% do total concluído. Foi ressaltado que neste momento os funcionários realizam serviços de alvenaria, revestimento de esquadria metálica e cobertura do prédio.

Indagada pela reportagem sobre o motivo do não cumprimento do prazo inicial, a Prefeitura reafirmou a justificativa do prefeito Fernando Haddad (PT) utilizada em visita ao canteiro de obras em agosto deste ano: “Estamos aguardando o recebimento de recursos da União. Estava prevista a entrada de R$ 162 milhões, mas, por enquanto, ainda não veio nada. Assim que entrar esta verba em poucos meses conseguiremos finalizar este CEU”, citou o prefeito na época. Segundo a SIURB, o montante ainda não foi liberado e não há previsão de quando será destinado.

Enquanto a obra não é concluída, os usuários do Clube Escola Vila Alpina também estão sendo prejudicados. Grande parte do espaço está interditada para o andamento dos trabalhos e, com isso, importantes equipamentos estão inutilizados, como um dos campos de futebol, o ginásio poliesportivo e as piscinas.

O Território CEU Vila Prudente está projetado para funcionar em um prédio vertical de 10 mil m² composto por cinco pavimentos equipados com laboratórios, salas de aula, artes, música, cultura digital, estúdio de gravação, biblioteca, teatro, piscina semiolímpica coberta e aquecida e quadra poliesportiva. A proposta da unidade visa ainda integrar o novo equipamento aos já existentes no entorno, como escolas, espaços culturais, esportivos, entre outros. No projeto consta ainda que todas as novas unidades contarão com um Centro Municipal de Educação Infantil Integrado (CEMEI), para atender mais de 500 alunos de 0 a 6 anos.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

FALE COM A FOLHA VP

Quer esclarecer dúvidas com
nossos repórteres? Fale conosco.