Joomla!

Sunday, Aug 18th

última atualização05:12:37 PM GMT

Você está aqui: Home

Escola MMDC na Mooca também está sem associação de pais e mestres

E-mail Imprimir PDF

mmdcSe não bastasse a sucessão de aulas vagas na escola estadual MMDC, uma das mais tradicionais da Mooca, pais de alunos denunciam agora que desde 2008, não existe Associação de Pais e Mestres (APM) na unidade. A ausência dessa entidade torna praticamente nula a relação dos pais e da comunidade com a diretoria da escola.

“Após um ano sem a APM, em 2009, a direção na época reuniu os pais e disse que a entidade foi extinta porque contraiu uma dívida de R$ 300 mil. Se quiséssemos retomar a associação, deveríamos nos unir e quitar a quantia. Achamos tal idéia um absurdo e desde então, a escola está sem a APM”, conta o pai de uma aluna do 3º ano do ensino médio. “Sem a associação, os pais não participam de mais nada na escola. Perdemos força perante a diretoria. E fica muito difícil apenas alguns pais cobrarem melhorias”, completa. A APM, que deve ser formada por pais, membros da diretoria e do corpo docente da escola, tem a finalidade de colaborar no aprimoramento do processo educacional, na assistência ao estudante e na integração família-escola-comunidade.

 Com a extinção da APM, outra baixa na unidade é o fechamento há anos da cantina. “Quem sai perdendo são os alunos”, conta o pai. “Por essas e outras razões que a escola parece estar esquecida, com excesso de aulas vagas e desinteresse em melhorar a situação”, conclui.

Nas últimas duas semanas a Folha vem retratando a rotina de falta de professores na unidade. Muitos alunos alegam que frequentemente têm apenas uma ou duas aulas das seis previstas diariamente. A disciplina mais crítica é a matemática – há estudantes que não veem professores desta matéria desde fevereiro. Mas, também há relatos de déficit de professores de português, geografia e filosofia. Na semana passada a Folha voltou a questionar a Secretaria de Estado da Educação referente à falta de professores, mas, passados dez dias, nenhum esclarecimento chegou à redação. 

Quanto à APM, apesar de constar no estatuto destas associações que elas devem prestar contas para Diretoria de Ensino, que por sua vez é supervisionada pela Secretaria de Educação, esta última se limitou a informar que a Associação de Pais e Mestres não tem vínculo com o órgão. A reportagem solicitou entrevista com o secretário de Estado da Educação,  Paulo Renato de Souza.

 

Rotina de aulas vagas na escola estadual MMDC

Comentários 

 
+1 # 27/05/2011 20:32
É LAMENTAVEL E ABSURDA A SITUAÇÃO DESTA ESCOLA. INFELIZMENTE MINHA FILHA É FREQUENTADORA, PORQUÊ AULAS ELA NÃO -ÁS TEM HÁ TEMPOS. VERIFIQUEI OS CADERNOS DELA ESTES DIAS, E OBSERVEI QUE DESDE O ÍNICIO ÁS AULAS, NÃO PREENCHEM 6 FOLHAS NOS CADERNOS . SÓ ME RESTA TRANSFERI-LA PARA UMA ESCOLA QUE PELO MENOS TENHA AULAS... A SOLUÇÃO SERIA TRANSFERIR TODOS OS ALUNOS EM CARÁTER EMERGENCIAL OU DECRETAR PERDA DO ANO LETIVO, POIS SERÁ IMPOSSÍVEL RECUPERAR AS AULAS PERDIDAS DURANTE ESTE ANO. FICO A DISPOSIÇÃO DOS PAIS QUE QUISEREM INGRESSAR COM UMA AÇÃO CIVIL PÚBLICA PARA REPARAR O DANO CAUSADO Á NOSSOS FILHOS OU UM MANDADO DE SEGURANÇA CONTRA A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PARA QUE IMEDIATAMENTE SOLUCIONEM O PROBLEMA... CABE MEDIDA CONTRA ESTA DIRETORIA QUE ESTÁ SENDO CONIVENTE COM ESTA SITUAÇÃO... JORNAL DA VL.PRUDENTE, NOS AJUDEM, SOCORRO !
Responder | Responder com citação | Citação
 
 
0 # 10/08/2011 13:47
COMO JÁ NÃO BASTASSE A SÉRIE DE ESCANDALOS QUE ESTÁ ESCOLA... VEM PASSANDO AO LONGO DOS DIAS....NO DIA 09/08/2011 - NO PERIODO DA TARDE SOLTARÃO BOMBAS NA ESCOLA... PROFESSORES SOFRERÃO FERIMENTOS E ALUNOS SAIRAM CORRENDO ASSUSTADOS DO QUE HAVIA OCORRIDO...NÃO ESTAMOS MAIS AGUENTANDO TANTA BALUNÇA.., QUEREMOS UMA ESCOLA MAIS DIGNA PARA NOSSOS FILHOS... POIS SOMOS BRASILEIROS E PAGAMOS TODOS OS NOSSOS IMPOSTOS... PORTANTO TEMOS O DIREITO... :eek:
Responder | Responder com citação | Citação
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

FALE COM A FOLHA VP

Quer esclarecer dúvidas com
nossos repórteres? Fale conosco.